Mãos e pés ressecados durante o tratamento quimioterápico – o que fazer?

Mãos e pés ressecados durante o tratamento quimioterápico – o que fazer?

O tratamento quimioterápico é um tratamento oncológico feito com o uso de diferentes medicamentos isolados ou combinados para inibir o crescimento de tumores e combatê-los. Por vezes, esses tratamentos trazem efeitos colaterais observados em alguns pacientes.

Um dos efeitos colaterais da quimioterapia é a síndrome mão-pé. Dependendo do medicamento utilizado e da duração do tratamento, o paciente pode desenvolver o ressecamento das palmas das mãos e solas dos pés.

Esse ressecamento pode evoluir para sintomas mais graves, impossibilitando atividades corriqueiras, como manusear objetos ou caminhar. Para que esses sintomas possam ser evitados, é preciso seguir algumas recomendações.

Hoje, vamos compartilhar o que fazer para evitar e amenizar os sintomas da síndrome mão-pé. Acompanhe!

O que é a síndrome mão-pé?
As mãos e pés ressecados durante o tratamento quimioterápico são sintomas de uma síndrome chamada de síndrome mão-pé. Ela acomete principalmente as palmas das mãos e solas dos pés, mas em casos incomuns também pode ser observada em joelhos e cotovelos.

É desencadeada como efeito colateral do tratamento quimioterápico, dependendo do medicamento utilizado e da duração do tratamento. Os pacientes podem ou não apresentar essa síndrome, sendo também um fator do organismo de cada um.

Leia também: pés ressecados

Em sua fase moderada, os sintomas são a vermelhidão, o inchaço e a sensação de formigamento ou queimação. Já na fase mais grave, os sintomas podem incluir rachadura ou descamação da pele, feridas, dor intensa e dificuldade para andar ou usar as mãos.

É importante que o paciente cuide da hidratação da pele desde o momento antes de iniciar o tratamento, a fim de proteger o organismo contra esses efeitos colaterais. Se os cuidados forem feitos da forma correta, esses efeitos aparecerão somente no final do tratamento, quando ele está prestes a terminar, ou não aparecerão.

E o que fazer com pés e mãos ressecados durante o tratamento quimioterápico?
A solução mais indicada é o uso de hidratantes e produtos de cuidados específicos para esses casos. A Wecare possui produtos de cuidados para quimioterapia especialmente desenvolvidos para cuidar de pacientes que vão passar ou estão passando pelo tratamento.

Nesta etapa, o paciente não pode e não deve utilizar qualquer hidratante ou quaisquer produtos que costumava utilizar antes, ou que já tenha em casa. Isso porque esses produtos podem possuir componentes que agridem a pele do paciente, causando complicações ao invés de ajudar.

Um desses componentes é o parabeno, conservante que protege o produto contra fungos e bactérias. Em pacientes oncológicos, o parabeno pode ser agressivo à pele, resultando em irritações mais intensas.

Outro ingrediente que não pode estar presente é o perfume. Qualquer tipo de fragrância adicionada também faz mal à pele do paciente oncológico. Por isso, não é qualquer produto que pode ser usado em casos de mãos e pés ressecados durante o tratamento quimioterápico.

Quais as recomendações mais confiáveis?

1 – Limpeza
Os cuidados para pés e mãos ressecados durante o tratamento quimioterápico começam com a limpeza da pele. Primeiramente, o paciente não deve utilizar sabonetes que contenham parabenos ou que não tenham o pH da pele.

Tanto para tomar banho quanto para lavar as mãos, é indicado o uso do Washcare, que é rico em aminoácidos naturais e limpa a pele sem agredi-la. Composto por uma combinação de elementos naturais, ele deixa a pele limpa sem remover a hidratação, pois possui o pH da pele.

O Washcare é indicado por não conter nenhum elemento agressivo à pele do paciente oncológico, como fragrância, corantes ou parabeno. Assim, são removidas somente as células mortas da pele, mantendo a proteção e a hidratação.

2 – Hidratação mais intensa
Especificamente para pés e mãos ressecados durante o tratamento quimioterápico, é indicado o Extremecare. Seus componentes estão presentes em maior concentração, sendo especialmente desenvolvidos para hidratar as áreas mais ressecadas, como pés, mãos, cotovelos e joelhos.

O Extremecare não possui nenhum elemento agressivo que possa danificar a pele do paciente oncológico. Sua hidratação é mais intensa e pode ser capaz de repor a hidratação perdida durante o tratamento.

Sendo altamente recomendado para pés e mãos ressecados durante o tratamento quimioterápico, o Extremecare é feito a partir de 9 componentes que são hidratantes naturais, e que se complementam de forma equilibrada, fornecendo um efeito super-hidratante.

Quanto antes o paciente iniciar os cuidados (antes mesmo de iniciar o tratamento) melhores serão os resultados, podendo adiar bastante ou até mesmo evitar o aparecimento do ressecamento em pés e mãos.

Concluindo
Pés e mãos ressecados durante o tratamento quimioterápico devem ser cuidados da forma certa e com os produtos certos. Jamais devem ser utilizados produtos com fragrância, conservantes ou corantes.

Os mais indicados são o Washcare para limpeza, e o Extremecare para hidratação das áreas mais ressecadas, como pés, mãos, cotovelos e joelhos.

Apesar de a pele do paciente oncológico ser extremamente sensível em determinados casos, os cuidados corretos podem evitar o aparecimento desse evento adverso.

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *